EMISSÕES GASOSAS DE USINAS HIDRELÉTRICAS

27.nov.2018

 

.

 

Efeito estufa:

Usinas hidrelétricas podem agravar o efeito estufa.

Impacto ambiental

Usinas hidrelétricas sempre foram tidas como fontes de energia limpa e com baixo impacto ambiental. No entanto, um estudo recente da Universidade Federal de Juiz de Fora mostra o contrário. De acordo com os pesquisadores, os 18 novos reservatórios na Amazônia (instalados ou em construção) em conjunto podem emitir, em cem anos, até 21 milhões de toneladas de metano (CH4) e 310 milhões de dióxido de carbono (CO2), dois dos principais gases do efeito estufa.

Esses gases são gerados nos reservatórios a partir da decomposição da matéria orgânica presente na biomassa inundada ou no solo. A matéria orgânica pode chegar através do rio, ou seja, da bacia de drenagem. Na presença de oxigênio, essa matéria orgânica é decomposta para CO2 e, na ausência, é decomposta em CH4.

Em geral, os reservatórios na Amazônia apresentam temperaturas mais altas e maior disponibilidade de matéria orgânica. Esse fato potencializa a decomposição e, consequentemente, a capacidade da região de promover esses gases à atmosfera.

 

Hidrelétricas Termelétricas

 

Segundo a pesquisa, 6 das 18 hidrelétricas analisadas apontam emissões comparáveis às de termelétricas. Para 3 destas 6 hidrelétricas, as projeções para os próximos 100 anos estimam liberação gasosa maior do que usinas movidas a combustíveis fósseis. Apenas um dos 18 empreendimentos apresentou emissões praticamente nulas, semelhante aos de usinas eólicas e solares.

Além disso, outro fator que é preocupante é a quantidade de emissões a partir das construções. Represas necessitam de muito mais material (como aço e cimento) do que uma instalação equivalente movida a combustível fóssil. A emissão de construção de instalações de gás natural é mínima (uma análise em Manitoba, Canadá indica emissões de cerca de 180 kg de CO2 equivalente por GWh). Ao mesmo tempo, na construção da usina hidrelétrica de Belo Monte (PA), a estimativa é de 980 milhões de kg de carbono equivalente . Essas hipóteses indicam que seriam necessários 41 anos para que o impacto sobre o aquecimento global tivesse saldo positivo.

 

Fique por dentro:

 

A Ação Consultoria Ambiental age solucionando problemas relacionados à gestão ambiental de empreendimentos de diversos ramos. As exigências para a licença ambiental incluem contabilizar os possíveis impactos que empreendimentos oferecem ao meio ambiente.

Entre em contato conosco através dos telefones (41)3029-6798 para Curitiba e região ou (48)99619-4926, para o litoral de Santa Catarina. Você pode mandar um e-mail para comercial@acaoconsultoriaambiental.com.br ou acessar nossas redes sociais!