Benefícios econômicos de uma política ambiental nas empresas

13.nov.2018

Gestão ambiental para promoção de economia

Uma boa política ambiental deve ter como resultado a diminuição da deterioração da qualidade ambiental e visar seu aumento. Visa também uma economia ambiental.

Seja por meio de padrões estabelecidos (de emissão, lançamento, uso do solo etc.) ou por mecanismos econômicos (taxação de cargas poluidoras ou multas por exemplo), as melhorias vão desde as de natureza psicológica, passando pelas diretamente ligadas à produção e a eficiência do processo produtivo. A primeira é relacionada ao prazer estético da contemplação de um ambiente belo e esta última à redução das perdas de materiais e equipamentos em um ambiente menos agressivo.

Quem aplica uma boa gestão ambiental tem vantagem no mercado

O setor privado, sobretudo o segmento industrial, avança cada vez mais no tratamento das problemáticas ambientais. Hoje, elas podem ser vistas como uma questão de competitividade no mercado. Além disso, fatores sociais como a exigência por sustentabilidade e produção “verde” por parte dos consumidores exercem forte pressão adicional para a introdução do gerenciamento ambiental nas empresas.

Um bom sistema de gerenciamento ambiental engloba uma metodologia a fim de promover ações que assegurem a proteção do meio ambiente. A partir delas, é possível prever os possíveis impactos e propor maneiras de controla-los e reduzi-los continuamente.

Quais os benefícios econômicos de uma boa gestão

Práticas verdes ajudam a manter uma gestão obediente à legislação e a abrir espaço para inclusão de empresas brasileiras no mercado internacional. Além disso, podemos destacar os seguintes benefícios econômicos nos negócios:

  • Redução de riscos;

De acordo com a ISO 9001:2015, o risco pode ser apresentado como “efeito ou incerteza dos objetivos”. Ele se fundamenta em prevenir problemas e não apenas resolvê-los.

  • Melhor acesso a seguros;

Para formalizar um seguro ambiental, por exemplo, as seguradoras exigem que as empresas interessadas comprovem a existência de um sistema de controle ambiental eficiente. Para isso, o gerenciamento deve ser capaz de minimizar os efeitos dos acidentes.

  • Melhoria do processo produtivo;

O gerenciamento ambiental busca aumentar a reciclagem, o reaproveitamento de sobras de matéria-prima e a reutilização de águas, além de aumentar a economia de energia elétrica.

  • Melhoria na imagem pública;

Os consumidores estão cada vez mais procurando produtos ambientalmente sustentáveis. Dessa forma, empresas que seguem práticas verdes aumentam a competitividade de seu negócio.

  • Gestão obediente à legislação;

Um bom gerenciamento ambiental garante aos empreendimentos uma adequação às legislações vigentes, evitando, assim, a aplicação de multas.

 

Dessa maneira, a qualidade dos produtos e serviços aumenta, as empresas conseguem reduzir seus custos, reutilizar matérias-primas e economizar com água e energia. Consequentemente, há um crescimento da conquista de novos clientes e um fortalecimento com consumidores já consolidados. Estas ações são bem vistas pela sociedade e pelo mercado, melhorando também relações comerciais.

Contrate quem entende do assunto

A Ação Consultoria Ambiental conta com uma equipe altamente qualificada e especializada em economia ambiental. Procure nossos analistas e especialistas através dos telefones (41)3029-6798 para a região de Curitiba e (48)99619-4926 para o litoral de Santa Catarina. Acesse nossas redes sociais (Facebook, LinkedIn e Instagram) ou mande um e-mail para comercial@acaoconsultoriaambiental.com.br.