As particularidades do tratamento físico-químico de efluentes

23.mar.2018

Saiba mais sobre esse tratamento e se ele se encaixa no seu empreendimento

 

O tratamento físico-químico por coagulação ou floculação é, na maioria das vezes, empregado a nível primário. Ocorre antes do tratamento biológico de depuração, que tem por objetivo reduzir a carga orgânica do afluente.
O objetivo, então, do tratamento físico-químico é remover a carga de poluentes inorgânicos, matérias insolúveis, metais pesados ou ainda matéria orgânica não biodegradável. A concepção básica consiste em transformar as impurezas em flocos, para depois retirá-las mais facilmente. Essas impurezas podem estar na forma coloidal, em soluções ou em suspensão.

Cada uma dessas formas está intimamente ligada com o tamanho das partículas. As soluções são as que apresentam menores partículas (tamanho inferior a 0,01 micrometro). Os coloides têm partículas entre 0,01 e 1 micrometro. Já as suspensões apresentam partículas maiores, com diâmetros superiores a 1 micrometro. Na prática, os sólidos coloidais são considerados sólidos em suspensão.

 

COMO OCORRE A FLOCULAÇÃO

 

A floculação pode ocorrer de diversas maneiras. Lança-se mão de coagulantes químicos (tais como sais de alumínio e ferro), que reagem com a alcalinidade das águas residuais formando hidróxidos insolúveis. Essa precipitação também pode ocorrer por variação de pH. Valores de pH mais elevados (mais alcalinos) podem causar a precipitação de metais pesados, por exemplo. Se o pH do efluente for naturalmente mais alcalino é possível realizar a ação contrária (deixar o meio mais ácido). Porém, na maioria dos casos, a precipitação ocorre em fase alcalina.
Nem todos os precipitantes podem ser empregados para qualquer efluente. Cada caso deve ser analisado separadamente. O objetivo deve ser sempre selecionar o precipitante que der melhor resultado na remoção do poluente. Os fatores que interferem nessa seleção vão desde a natureza dos resíduos até o custo e disponibilidade dos precipitantes.

 

Assim se evidencia a necessidade de uma equipe especializada para que todos esses pontos sejam atendidos. A qualidade do tratamento do efluente está diretamente ligada ao conhecimento e expertise de profissionais que ali atuam. A Ação Consultoria Ambiental conta com uma equipe altamente preparada para tratamento de efluentes, tanto sanitários quanto industriais. Atua no mercado desde 2005, priorizando sempre o atendimento eficaz nas questões demandadas.

 

Para saber conhecer mais a nossa empresa, entre em contato através do telefone (41)3029-6798, pelas nossas redes sociais ou mande um e-mail para comercial@acaoconsultoriaambiental.com.br.